FACEBOOK DA MULTISOM HITS
data-size="large" data-show-faces="true" data-share="futura">
Após AVC e demissão na Record, repórter deixa TV e vira chefe de empresa
05/11/2017 - 19h58 em Bastidores

 A jornalista Leniza Krauss, que fazia parte do time de repórteres do policialesco Cidade Alerta, da Record, acabou pedindo demissão da emissora após quase 15 anos prestando serviços à casa. Apesar de estar fora dos holofotes da mídia televisiva, engana-se quem pensa que a profissional encontra-se desempregada.

 Em uma entrevista concedida ao site UOL, Leniza comentou sobre o motivo que a fez sair do canal da Barra Funda.

“Meu dia a dia estava sendo um massacre, porque fazia bem meu trabalho na TV, por mais que estivesse cansada, e tinha que me dedicar à empresa, porque era o meu futuro. Não conseguia mais manter a Record e a empresa. A Record não me deixava fazer as duas coisas, não permitia usar o meu nome, porque era da emissora. Tive que optar. Pedi demissão e a empresa solidificou. Implantei um jeito novo de comunicação, fiz pilares e metodologia. Este é o novo desafio”, relatou ela, que hoje é diretora de uma empresa de comunicação.

 No mais, a jornalista ainda revelou que o seu novo emprego é mais trabalhoso do que a vida de repórter do Cidade Alerta, pois ela precisa realizar gravação de vídeos para outras empresas, fazer palestras e cuidar do ambiente de trabalho.

 “Eu lidava com notícias de crime todo dia. Hoje não mais, o cenário já muda completamente. Estou trabalhando mais do que na Record, mas sinto um prazer tão grande, é tão gostoso. O ritmo com um ambiente leve é diferente. O mundo corporativo abraça de outra forma. É realmente a certeza do que eu já deveria ter feito”, declarou ela, que diz estar se sentindo bem melhor depois de vários anos cobrindo crimes. Vale lembrar que em meados de novembro de 2015, a profissional sofreu um derrame cerebral enquanto trabalhava. O cinegrafista que a acompanhava foi quem a levou para o hospital. O motivo no qual ela quis abandonar a área do jornalismo policial foi justamente depois deste ocorrido.

 “Sempre adorei ser repórter, mas naquele momento decidi o que não queria mais”, explicou.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE